13 abril 2009

É CADA COISA............

O Neo-espiritismo, fundado pelo Dr. Randolpho Penna Ribas, em 08 de abril de 1972, em Niterói, Rio de Janeiro, é uma filosofia religiosa de caráter científico pelo estudo e pesquisa sistemática da fenomenologia mediúnica decalcada em fatos irremovíveis, experimentalmente comprovados. Estas pesquisas foram realizadas semanalmente, durante cinco anos na Sociedade de Estudos e Pesquisas Espíritas, em Niterói, e dentre muitos fatos observados, provaram a existência de doenças causadas por Espíritos desencarnados denominadas espiritopatias. Pesquisas estas, realizadas com a participação de diversos médicos, dentistas, psicólogos e outros intelectuais que assinaram as respectivas atas de registro dos fatos observados. A Grande Enciclopédia Cultural Larrouse, edição de 1989, página 1231 consigna: "Coube a Sociedade de Estudos e Pesquisas Espíritas fundada em Niterói(RJ) a 12 de junho de 1949 por Randolfo Pena Ribas, a iniciativa de realizar em instituição genuinamente espírita, estudo e pesquisa sistemática da fenomenologia mediúnica". Demonstrações destas pesquisas foram mostradas em diversas reportagens nas revistas "Fatos e Fotos", "O Cruzeiro" e "Manchete", bem como, em programas ao vivo na TV Globo (RJ e SP), TV Tupi (RJ), TV Paraná (Curitiba), TV bandeirantes (SP).

O Neo-espiritismo busca ampliar e enriquecer a codificação Kardequiana, embora não seja uma reformulação do Espiritismo, pois preserva os seus postulados fundamentais como o conceito da existência de Deus; a existência, no homem, do Espírito imortal e a igualdade na criação dos Espíritos e sua evolução gradativa. O Neo-espiritismo é compromissado com Jesus, cujo papel histórico reivindica e cuja doutrina esclarece, a fim de que, os homens compreendam que se devem amar como verdadeiros irmãos, pois são criaturas de um mesmo Criador; e que somente pelo aperfeiçoamento de cada um poderá resultar a felicidade de todos. Revelou o mecanismo da prática da mediunidade pela oração e pelo trabalho o qual dentre outras vantagens, isenta o médium de ser ilaqueado em sua boa fé, além de dar-lhe oportunidade de amparar a um número muito superior ao dos sofredores que poderia ocorrer com a incorporação e conseqüente psicofonia. Portanto, sobre não correr nenhum risco, o médium onerado com vários cargos ou encargos, não precisa omitir a prática da mediunidade. Mas é óbvio que, para obter êxito, seja na mediunidade pela oração, seja na mediunidade pelo trabalho, o médium deverá lutar, pertinazmente, em primeiro lugar, pelo seu aperfeiçoamento moral e converter em amigos os Espíritos inamistosos que ainda guardam mágoas dos atritos havidos em anteriores existências, tal qual ensinou e exemplificou o Mestre Jesus no trato com seus adversários desencarnados. Esclarece melhor quem é o mentor - nosso principal protetor; mostra o quarto e o quinto reinos (os reinos hominal e espiritual) da natureza. Esclarece com detalhes o interrelacionamento entre os encarnados e desencarnados de forma a promover o progresso espiritual para ambos e consequentemente melhor qualidade de vida para todos; ensina a orar corretamente a fim de estabelecer vínculos com o nosso mentor, que é quem pode interceder junto a Espíritos desencarnados em condições de nos ajudar na solução dos problemas do dia a dia; explica as espiritopatias e como tratá-las e ratifica que a filosofia religiosa é dinâmica, como prevista pelos Mestres Allan Kardec, Leon Denis e Bezerra de Menezes, pois se vale das descobertas científicas para fortalecer seus pontos fundamentais e descobrir novos caminhos para a evolução humana; afirma também que o salvo-conduto para a felicidade é o resgate das faltas e a purificação dos sentimentos.

O Neo-espiritismo, que desde a desencarnação de seu fundador e precursor, tem-se operado através da obra literária por ele deixada, agora inaugura este novo meio de divulgação pela Internet, através do qual disponibiliza gratuitamente os livros por ele escritos; leia-os sem preconceito, constate a lógica dos ensinamentos neles contidos, experimente-os e confirme o caminho novo para um futuro mais feliz.

Mais informações contatar SEPE-Sociedade de Estudos e Pesquisas Espíritas

Um comentário:

Claudia Perotti disse...

Fantástico post!
Beijinhossss