22 agosto 2009

A CRUZ

Revista Espírita, fevereiro de 1862
(Sociedade Espírita de Paris, méd. Sr. A. Didier.)

No meio das revoluções humanas, no meio de todas as perturbações, de todos os
desencadeamentos do pensamento, se eleva uma cruz, alta e simples, e essa cruz está
fixada sobre um altar de pedra. Um jovem, esculpido na pedra, tendo em suas duas
pequenas mãos uma bandeirola sobre a qual se lê esta palavra: Simplicitas. Filantropos,
filósofos, deístas, poetas, vinde ler e contemplar essa palavra: é todo o Evangelho, toda a
explicação do Cristianismo. Filantropos, não inventeis a filantropia: não há senão a
caridade; filósofos, não inventeis uma sabedoria, delas não há senão uma; deístas, não
inventeis um Deus, dele não há senão um; poetas, não perturbeis o coração do homem.
Filantropos, quereis quebrar as cadeias materiais que retêm a Humanidade cativa; filósofos,
levantais panteons; poetas, idealizais o fanatismo: para trás! Sois deste mundo, e o Cristo
disse: "Meu reino não é deste mundo". Oh! Sois muito deste mundo de lama para
compreender estas sublimes palavras; e se algum juiz bastante poderoso pudesse vos
dizer: "Sois os filhos de Deus?" Vossa vontade morreria no fundo de vossa garganta, e não
poderíeis responder como o Cristo em face da Humanidade: "Vós o dissestes." -Sois todos
deuses, disse o Cristo, quando a língua de fogo desce sobre as vossas cabeças e penetra o
vosso coração; sois todos deuses quando percorreis a Terra em nome da caridade; mas sois
os filhos do mundo quando contemplais as penas presentes da Humanidade, e não pensais
em seu futuro divino. Homem! Que seja teu coração que leia esse nome e não os teus olhos
de carne; Cristo não erigiu panteon; ele elevou uma cruz.

2 comentários:

JR disse...

Obrigada ,muito obrigada mesmo, de coração, por voce ter atendido meu pedido ou melhor ,sugestão no envio de msgs contidas no revue spirit.
Que bom que ti encontrei e que Deus me ajude a continuar ligada em teu blog, para me melhorar cada vez mais e tambem poder repassar estas informações para outros que junto a mim caminham.JR

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...viento
de
vida
fe
del
alma
siempre
ya
dispuesta
para
el
amor
en
vuestras
palbras
tamoporai...



desde mis--- horas rotas ---

te sigo tamoporai , comparto

tu blob con un fuerte abrazo.



afetuosamente :

jose
ramon...